Líder e liderados: como estabelecer uma relação de confiança?

4 minutos para ler

Não há dúvidas de que a confiança é um fator-chave na construção de relacionamentos interpessoais entre líder e liderados. Isso, porque uma força de trabalho insegura, descrente e preocupada pode resultar em diminuição no desempenho organizacional, desgaste emocional e perda de profissionais talentosos.

Porém ela não deve ser imposta, e sim conquistada. Ela é resultado de uma construção de relacionamentos. Mas como nutri-la em um ambiente de trabalho? Neste artigo, separamos algumas dicas que ajudarão você a criar uma relação de confiança entre líder e liderados na sua empresa. Confira!

Tenha uma comunicação clara, concisa, honesta e transparente

Transmitir as informações de maneira clara e concisa é essencial para que todos os envolvidos entendam a mensagem. Pois é por meio da comunicação eficiente que um líder será capaz conquistar a confiança dos seus subordinados e, então, transformar as palavras em ações positivas. 

Também é importante que haja transparência na comunicação. Há informações que os líderes não devem compartilhar, mas devem sempre serem honestos com o que pode ser transmitido. Afinal, quando os colaboradores têm suas dúvidas esclarecidas tendem a rejeitar menos as mudanças por se sentirem mais seguros. 

Exercite a empatia de ambas as partes

Ter empatia pode melhorar bastante o clima no ambiente de trabalho e atuar na construção de relacionamentos confiáveis. Isso significa desenvolver a habilidade de saber escutar e ter a capacidade de se colocar no lugar do outro. Por exemplo, seja honesto ao fornecer feedback, mas não aponte apenas os erros.

Também sugira o que poderá ser feito para obter resultados melhores. Quando houver falhas em algum processo, não atribua a culpa pelo fracasso a alguém. Pense muito bem como intervir e se posicionar. Não se esqueça de incentivar os liderados a adotarem essa postura uns com os outros. 

Powered by Rock Convert

De liberdade e autonomia para os liderados 

Algumas empresas ainda apresentam resistência quando o assunto é dar mais liberdade e autonomia para os liderados. E esses fatores estão relacionados com a motivação deles. Pois, se você não confia nos seus subordinados, provavelmente vai querer controlá-los o tempo todo, e ninguém permanece motivado em uma empresa assim.

Com a liberdade de poder se expressar e a autonomia para tomar decisões quanto a um processo, é possível criar uma relação de confiança em que eles se sentirão motivados a explorar novas formas de melhorar o seu negócio. Ou seja, é um gatilho para que eles contribuam cada vez mais.

Crie uma conexão genuína 

Liderança não se resume apenas às rotinas de trabalho. Trata-se também de investir tempo conhecendo os colaboradores, de modo que venha a criar uma conexão genuína. Mas como? Procure entender quais são suas ambições e alinhe-as de acordo com os objetivos organizacionais. 

Isso pode fazer com que você descubra talentos importantes para o crescimento da sua empresa. Nesse momento, você pode aproveitar para sair do escritório e realizar atividades criativas que possam construir essa relação de confiança entre líder e liderados, como o Gourmet Experience

Construir relacionamentos confiáveis entre líder e liderados é essencial para qualquer empresa. Mas lembre-se de que a confiança no comportamento de outras pessoas cresce quando a cooperação é recíproca. Por isso, um líder também precisa ter a capacidade de confiar nos outros e garantir que suas palavras e ações coincidam o tempo todo.

Você sabia que o clima organizacional também influencia na confiança dos profissionais? Então aproveite para conferir como melhorar o clima organizacional da sua empresa!

Você também pode gostar