Como tornar o desenvolvimento de líderes uma política na empresa?

3 minutos para ler

Presente em todos os níveis de uma corporação — operacional, tático ou estratégico —, a imagem do líder organizacional nunca deixou de existir, apenas se modificou com o passar do tempo. Se antes os gestores tradicionais cultivavam uma postura rígida e distante de seus colaboradores, hoje, um chefe competente é aquele que trabalha em conjunto com sua equipe e contribui para o desenvolvimento de líderes novos.

Tais habilidades e competências são extremamente valorizadas no mercado. Afinal, o líder tem papel fundamental no funcionamento de uma empresa. Sendo assim, é indispensável saber reconhecer e preparar aqueles com perfil de liderança dentro da companhia. Para entender como fazer isso devidamente, continue acompanhando este post!

Conheça o PDL e suas vantagens

Fundamental para preparar líderes de uma maneira sustentável, o Programa de Desenvolvimento de Líderes consiste em um conjunto de processos — práticos e teóricos — que visam promover as habilidades necessárias a esse papel nos funcionários da empresa. Com essa metodologia, é possível identificar os perfis criativos, proativos e comprometidos com resultados, capazes de guiar equipes produtivas e eficientes.

Além disso, implementar mudanças pessoais e profissionais se tornará mais fácil. Desse modo, as relações entre os colaboradores e superiores será melhorada, assim como a comunicação, motivação e produtividade do time. A retenção de talentos também é outra vantagem do PDL e, por fim, os funcionários se sentem mais valorizados no trabalho, agregando valor ao negócio.

Saiba como tornar o PDL efetivo

Veja a seguir como colaborar com a implementação de um programa eficaz de desenvolvimento de líderes em sua empresa.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Trace os objetivos do programa

Um bom PDL precisa começar com a definição dos objetivos gerais. Somente a partir daí é que será possível solucionar os problemas e obter os resultados esperados com rapidez. Uma sugestão é iniciar capacitando os setores mais críticos da companhia, onde a necessidade de um líder competente é urgente e não há ninguém qualificado para assumir esse papel.

Busque líderes de vários níveis hierárquicos

Depois disso, a prioridade é implementar o programa em todos os setores da organização, dividindo conceitos e atividades de acordo com as necessidades de cada um. Mesmo que os níveis mais altos da empresa já possuam bons líderes, essa será uma oportunidade para eles ampliarem seus conhecimentos e desenvolverem novas habilidades de liderança.

Defina onde o programa será realizado

Outro ponto que deve ser avaliado na hora de implementar o programa é a possibilidade de realizá-lo internamente ou com a orientação externa de profissionais especializados — como consultores e mentores. Entender as reais necessidades da organização nesse aspecto é crucial para que o PDL obtenha êxito, sobretudo onde há pouca experiência quando o assunto é educação corporativa.

Além de todos essas etapas, é essencial que o setor de RH mensure os resultados do programa de desenvolvimento de líderes, possibilitando a correção de erros e propondo melhorias. Também vale incentivar o fornecimento de feedbacks construtivos, para que os colaboradores possam auto avaliar seus desempenhos durante o programa.

Agora que você já entendeu a importância de um bom PDL para os negócios, veja essas 4 dicas de como inovar no treinamento de funcionários!

Você também pode gostar